sábado, 30 de abril de 2011

VOCE ACREDITA?

Governador visita estádio na Argentina
28/04/2011 - 10:05 | Cultura, Esporte e Turismo

Bolivar, Monteiro e Agnelo:O Triunvirato político do GDF

Em visita oficial a Buenos Aires, Agnelo Queiroz conhece cobertura de um dos estádios mais modernos da América do Sul.
O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, retornou de Buenos Aires, na Argentina, ainda mais entusiasmado em realizar a Copa do Mundo de 2014 em Brasília, além de disputar a abertura do mundial.
Acompanhado pelo secretário da Casa Civil e secretário executivo da comissão Brasília 2014, Cláudio Monteiro; e do secretário de estado particular, Bolivar Rocha, Agnelo visitou o Estádio Único de La Plata.  
A intenção do governador era conhecer um dos melhores estádios da América do Sul e único com uma cobertura semelhante a que será feita no Estádio Nacional de Brasília e como determina a FIFA. Além disso, o estádio argentino será o palco de abertura da Copa das Américas neste ano.  
Além de ser uma viagem próxima e rápida, o governador e a comitiva priorizaram conhecer in loco o funcionamento, a estrutura e a tecnologia do estádio bem como os materiais empregados na cobertura – que cobre as arquibancadas e deixa o gramado ao sol. Além disso, o Estádio Único de La Plata proporcionou a visão de como um local para grandes partidas pode ser usado como arena multiuso, já que foi projetado para também ser totalmente coberto, quando necessário. 
Munido das informações técnicas, o governo local fica mais bem preparado para transformar o Estádio Nacional de Brasília no mais ecologicamente correto, além de mais barato e adequado conforme as exigências da Fifa.  
O Estádio Nacional de Brasília irá priorizar a sustentabilidade – com captação de água de chuva e energia solar, por exemplo - e a acessibilidade. Terá 70 mil lugares e servirá de arena multiuso para receber eventos de grande porte, inclusive shows internacionais.
Fonte: Extraída do Portal do GDF Notícias
NOTA DO BRASILIA EM OFF : O blog postou dias atrás a matéria TORRES GÊMEAS DE AGNELO AMEAÇADAS, contendo a informação de que circulava, nos bastidores da política, bochichos que poderia ser divulgado, no aniversário de Brasília, um vídeo em que o governador aparecia nas imagens recebendo duas torres de dinheiro vivo para o financiamento de sua campanha, em 2010. A suposta ameaça não se concretizou, como todos sabem. Entretanto, na política tudo é possível, justamente quando se trata do Distrito Federal. Estranho, e por isso ressaltamos, foi a repentina viagem do governador Agnelo e os fiéis escudeiros Cláudio Monteiro e Bolivar Rocha com a finalidade de visitar estádios na Argentina, logo depois da data marcada para a divulgação do vídeo. Um mistério a ser desvendado. A assessoria do governador informou, em nota, que a viagem teve caráter oficial. O triunvirato, operadores políticos do Governo, se deslocou à Argentina somente para visitar um único estádio de futebol, onde lá passou três dias? Um médico, um agente de polícia aposentado e um "aspone" teriam condições de fazer avaliações técnicas e precisas acerca de uma engenharia de um estádio de futebol? Por que o trio não se fez acompanhar de especialistas em obras para acompanhar os trabalhos de visitação do estádio na Argentina? Por que o secretário de Obras ou mesmo  o vice Tadeu Filippelli não acompanharam o governador na empreitada?  Voce acredita mesmo nessa história? Tudo muito estranho e nebuloso...

GDF FAZ fora do ar...

O GDF retirou os vídeos institucionais do seu Portal na internet. É possível que o conteúdo e a produção não estejam agradando o chefe Agnelo. Com a palavra os secretários de Comunicação e de Publicidade Institucional.

sexta-feira, 29 de abril de 2011

DENÚNCIA

GREVE "OFICIAL" NO DETRAN-DF
Servidores do DETRAN-DF acusam o diretor-geral do órgão, JOSÉ ALVES BEZERRA, ex-presidente do sindicato da categoria, Sindetran, de incentivar uma greve “oficial”. Relatam que a assessora de Comunicação Social, cargo CNE 06, a agente de trânsito Joyce Duarte, subiu, na quarta-feira (27/04), no carro de som do sindicato e esculhambou o governo. Exigiu que os servidores fizessem operação padrão, e que o sindicato trancasse os bafômetros para que a PMDF não os utilize. Esse é o governo do PT? Indagam...xiiiiiiiii

José Bezerra esquece que está atravessando "um novo caminho"


Papa-Tudo Ilimitada

Página da empresa na internet, anunciando o aniversário
de Brasília: Papou tudo
Criada em 2004, a empresa Movimento Produções Ilimitadas, do empresário José Saraiva da Silva, detém o monopólio sobre a realização dos maiores eventos de Brasília. É o papa-tudo do dinheiro público, não tem limites quando o assunto é festança. No portifólio da empresa, disponibilizado em sua página na internet, consta que a empresa foi responsável pela “coordenação artística local da Posse do Presidente Lula- ano 2004”. No governo de Agnelo Queiroz, só de março para cá, a empresa faturou o montante de R$ 8.722.341,50 (oito milhões, setecentos e vinte e dois mil e trezentos e quarenta e um reais e ciquenta centavos), somente em dois contratos firmados com a Secretaria de Cultura para organizar os festejos do 51º Aniversário de Brasília. Também, desde 2006, a empresa vem movimentando o dinheiro da CUT, sendo responsável pela realização da “Semana do Trabalhador”. Então tá...

Acordo de paz entre o GDF e professores

A Câmara Legislativa aprovou, na noite desta quinta-feira, o reajuste dos professores da rede pública de ensino. O Projeto de Lei nº 296/2011, oriundo do Executivo, teve 20 votos favoráveis e nenhum contrário. Agora os professores poderão contar com o índice de 13,83% em seus vencimentos. O reajuste só foi possível após um acordo firmado entre os representantes da categoria e o GDF e será escalonado em três etapas, não cumulativas: 6,36% retroativos a 1º de março de 2011, 4,78% a partir de 1º de setembro e 2,69% a partir de 1º de março de 2012...GDF e Sinpro-DF selam a paz nas escolas, ao menos por enquanto...

quinta-feira, 28 de abril de 2011

TRE-DF Cassa o diploma e o mandato do Deputado Benício Tavares

28 de abril de 2011 - 18h55                                       
Centro de Divulgação da Justiça Eleitoral

Na sessão realizada na tarde desta quinta-feira, 28/04, o TREDF decidiu, por maioria de votos, cassar o diploma e, por conseqüência, o mandato do Deputado Distrital Benício Tavares por captação ilícita de sufrágio e abuso de poder econômico. O parlamentar também foi condenado ao pagamento de oito mil Ufir’s e declarado inelegível por oito anos, contados a partir da data das eleições, no caso, 03 de outubro de 2010. A fundamentação legal está no art. 41-A, da Lei nº 9.504/97 (Lei das Eleições), segundo o qual constitui captação ilícita de sufrágio o candidato doar, oferecer, prometer, ou entregar, ao eleitor, com o fim de obter-lhe o voto, bem ou vantagem pessoal de qualquer natureza, inclusive emprego ou função pública, desde o registro da candidatura até o dia da eleição, inclusive, sob pena de multa de mil a cinqüenta mil Ufir, e cassação do registro ou do diploma, observando-se, para tanto, o procedimento previsto no art. 22 da Lei Complementar no 64, de 18 de maio de 1990.
O caso submetido a julgamento foi uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) proposta por Antônio Gomes Leitão, candidato a Deputado Distrital pela Coligação Novo Caminho (PCdoB/PSB) contra o candidato Benício Tavares PMDB), postulante à reeleição para o mesmo cargo nas eleições 2010. Trata-se de um processo judicial de natureza eleitoral que visa a combater os abusos do poder econômico e/ou político, praticados por candidatos, cabos-eleitorais, simpatizantes e pessoas em geral, desde que exista um nexo de causalidade entre as condutas e a ilicitude eleitoral, com a decretação da inelegibilidade do candidato para a eleição em curso e para a que vier ocorrer nos próximos oito anos, contando-se esse prazo da data da realização do pleito a que ela se refere.

De acordo com o autor da ação, funcionários da Brasília Empresa de Segurança LTDA foram ameaçados e coagidos a comparecerem a duas reuniões de trabalho e, nestas oportunidades, a preencher dados cadastrais, com o objetivo de votarem no candidato à reeleição, Deputado Distrital Benício Tavares. Os empregados da empresa foram obrigados a comparecer à reunião, que, inicialmente, seria de caráter administrativo, mas que, depois, transformou-se em uma reunião política. As ameaças consistiam na possibilidade de demissão dos empregados caso não votassem em Benício Tavares.

O relator da ação foi o Desembargador Mario Machado. Em seu voto, ele ressaltou que mídias fotográficas constantes do processo demonstram que os funcionários da empresa de segurança, na entrada do auditório da LBV, formavam uma fila e recebiam os impressos do candidato Benício Tavares. Não eram materiais que destacavam as novas diretrizes da empresa. Eles continham explícitas manifestações de apoio do dono da empresa à candidatura do representado.

De acordo com o relator, mil vigilantes, cada um tendo que indicar mais dez pessoas nas fichas que eram preenchidas na entrada do auditório da LBV, é bastante para caracterizar a captação ilícita de sufrágio e o abuso de poder econômico.

O Desembargador Eleitoral José Carlos Souza e Ávila, em seu voto, ressaltou que as provas constantes dos autos demonstraram o ilícito eleitoral praticado pelo representado. Ao final, de forma enfática, ele declarou que “o país tem que passar por uma limpeza.”
O Desembargador Eleitoral Moreira Alves asseverou que a reunião, hipoteticamente administrativa, mostrou-se de natureza político-eleitoral e que houve uma forte vinculação do contexto político ao ambiente de trabalho.
Por fim, em razão da procedência da AIJE, foi determinado o encaminhamento de ofício à Câmara Legislativa do Distrito Federal, dando ciência da decisão tomada no caso, consistente na cassação do diploma do Deputado Benício Tavares e, consequentemente, do seu mandato.

Fonte: TRE-DF

A batalha da Torre de TV...

Paulo Otávio: o entusiasta da transferência dos
artesãos diante da maquete do novo espaço
A batalha da transferência dos artesãos da Feira da Torre parece não ter fim. O front agora é no Tribunal de Justiça. A Associação dos Artesãos impetrou mandado de segurança para suspender a transferência, que o GDF tanto insiste. O relator do right, Desembargador J.J Costa Carvalho, ainda não se manifestou sobre o pedido. Para a associação, caso o mandado de segurança não vá adiante, novas “armas” serão usadas. A categoria vai exigir que o GDF cumpra o decreto, que prevê a retirada dos “artesãos”, hoje em torno de 50%, que não possuem mais de cinco anos trabalhando na Torre. A guerra promete...e a Sua Majestade, Paulo Tadeu até o momento não se pronunciou, em público...

Aviso prévio

Ex-candidato ao governo do DF e atual secretário do Meio Ambiente, Eduardo Brandão (PV) mergulhou na frigideira em fogo alto. A influência de familiares na secretaria tornou sua demissão iminente.

Fonte: Blog do Cláudio Humberto

Governo do DF desmonta aparelho

Segurança pública parece que já não é uma prioridade, no Distrito Federal: o governo aproveitou a saída do ex-secretário Daniel Lorenz, que se demitiu protestando contra interferências políticas, e de uma só tacada extinguiu 72 cargos na secretaria e pôs outros 78 na guilhotina. Uma “comissão de reestruturação” marcou a reunião do desmonte já no dia seguinte à saída de Lorenz. E dispararam os homicídios no DF.

Fonte:  Blog do Cláudio Humberto

Por Onde Anda?

MÚCIO ATHAYDE, o Homem do Chapéu

O mineiro Múcio Athayde, conhecido aqui como o “Homem do Chapéu, marcou parte de sua história política também em Brasília. Deputado Federal do PMDB de Rondônia, na Legislatura de 1983/1986, resolveu fincar raízes na capital, planejando ser o primeiro governador após o período militar. Os planos, porém, foram interrompidos por uma série de confusões políticas provocadas pelo próprio deputado.

Em 1985, investiu na campanha de Tancredo Neves na disputa pela presidência da República contra o candidato dos militares, deputado Paulo Maluf. Para isso, assediou lideranças comunitárias locais para apoiá-lo na luta pela automina política do DF. Adquiriu o já falido jornal Última Hora de Brasília, transformando-o em Correio do Povo e por último em O Povo de Brasília. Comprou uma fábrica para a confecção dos chapéus, que seriam distribuídos ao povo. Esperto, procurou angariar simpatia na periferia do Distrito Federal, almejando conquistar as cidades com o maior número de eleitores. (...) Clique aqui http://brasiliaemoff.blogspot.com/p/por-onde-anda.html e saiba a história desse homem que marcou o Distrito Federal

Eles não esperaram...



Os Plebeus receberam a honraria no dia 19 de abril:
Projetos sem tramitação legal
E tudo indica que “Deus”, realmente, deu uma força para que os integrantes da Plebe Rude, Philippe Seabra e André Pinheiro Machado, fossem agraciados com o Título de Cidadãos Honorários de Brasília, como dissemos na postagem anterior.

Se não fosse a “ajuda divina” dos deputados não haveria condecoração aos músicos. Isto porque os PDLs (Projeto de Decreto Legislativo) 02/2011 e 03/2011, que tratam da concessão do Título, de autoria do deputado Prof. Israel Batista (PDT), tiveram que ser aprovados, a toque de caixa, no mesmo dia de entrega da outorga, 19 de abril. Os deputados nem se fizeram de rogados e atropelaram, em Sessão Extraordinária, o Regimento Interno, ao não esperar o término do prazo de 10 dias úteis para a apresentação de emendas parlamentares na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), esta presidida pelo deputado-promotor Chico Leite (PT).
A velha e contumaz "esperteza" dos distritais só foi descoberta após o Diário da Câmara Legislativa de ontem (27/04) os denunciar. Nele, foram publicados em páginas diferentes as “Redações Finais” das proposições e os seus prazos regimentais que ainda correm na CCJ, findando-se somente no dia de amanhã (29/04). O ex-deputado propineiro e mensaleiro, Júnior Brunelli conhece bem o “gato”. Ele foi apontado tempos atrás de ter injetado, na mesma CCJ, uma emenda, de sua autoria, em um projeto que já havia sido votado e aprovado em Plenário, no intuito de beneficiar seus templos religiosos. Realmente, a Plebe não pôde esperar...
Link do Diário da Câmara Legislativa do dia 27 de abril de 2011, pág. 04 e 06:
Link do Portal da Câmara Legislativa com a tramitação do PDL 03/2011:

Se desejar, faça seu comentário, logo abaixo

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Quem esperou, viu...


Plebe Rude ajoelhou
A banda de rock Plebe Rude se ajoelhou diante do Poder. Philippe Seabra e André Pinheiro Machado, integrantes do grupo, foram agraciados, no útlimo dia 19, com o Título de Cidadão Honorário de Brasília, oferecido pelo deputado distrital Professor Israel Batista (PDT). A mais famosa música Até quando esperar, grande sucesso da década de 80, perguntava: "Até  quando esperar a plebe ajoelhar, esperando a ajuda de Deus". Tudo indica que "Deus" deu uma força para que eles deixassem a rebeldia de lado e aceitassem a condecoração. Ajoelhou, tem que rezar...

CONFIRA NOSSOS ANÚNCIOS

Imagens e diálogos comprovam farsa de promotora com auxílio de médicos

Vídeos em poder do Ministério Público revelam como psiquiatra ajuda Deborah Guerner, presa desde a semana passada, a simular doença mental para atrapalhar as investigações que a envolvem no esquema de corrupção do Distrito Federal

27 de abril de 2011 | 0h 01
Leandro Colon e Felipe Recondo, de O Estado de S.Paulo
BRASÍLIA - Documentos e imagens obtidos pelo Estado revelam como a promotora de Justiça Deborah Guerner, presa desde a semana passada em Brasília, contou com a colaboração de médicos de São Paulo para simular doença mental e atrapalhar as investigações sobre seu envolvimento com o esquema de corrupção no Distrito Federal, conhecido como "mensalão do DEM".
Gravações de encontros dela com o psiquiatra paulista Luis Altenfelder Silva Filho, captadas pelo circuito interno da casa da promotora e apreendidas com autorização da Justiça, mostram detalhes da armação para que ela fosse considerada doente por peritos judiciais. Deborah foi afastada em dezembro de suas funções no MP do DF. Além das ações na Justiça, ela responde a um processo disciplinar no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), que pode aprovar sua demissão do serviço público. Ela ainda recebe salário.
"Posso falar eufórica?", pergunta Deborah durante uma "aula" cujo objetivo era treiná-la para ser reprovada num teste de sanidade mental. "Pode. Muito excitada, eufórica e com o pavio muito curto", responde o médico. "Não tem erro, e qualquer residente de primeiro ano de psiquiatria, ouvindo você, vai falar assim: ‘essa menina é bipolar’", diz o psiquiatra. O marido dela, o empresário Jorge Guerner, que também está preso, acompanhava tudo. As "lições" foram dadas na sala da casa de Deborah em Brasília e ganharam o apelido de "teatro da loucura" nos bastidores da investigação.
Deborah, ao lado do marido, recebe 'treinamento' do psiquiatra Luis Altenfelder Silva Filho

Acesse aqui http://brasiliaemoff.blogspot.com/p/artigos.html Artigo na íntegra sobre a arrogância do secretário Paulo Tadeu no episódio de transferência dos artesãos da Feira da Torre de TV



CONFIRA NOSSOS ANÚNCIOS

Resultado da Enquete


Min. Gilmar Mendes

Se depender da vontade de 77% dos internautas, que votaram na enquete formulada por este blog, o ministro do STF Gilmar Mendes não deve aceitar a “generosidade” da deputada Liliane Roriz em conceder-lhe o Título de Cidadão Honorário de Brasília. Apenas 23% foram favoráveis. Fica aí o apelo ao ministro. O Brasilia em OFF agradece a participação de todos na enquete.


Acesse aqui http://brasiliaemoff.blogspot.com/p/artigos.html Artigo na íntegra sobre a arrogância do secretário Paulo Tadeu no episódio de transferência dos artesãos da Feira da Torre de TV


CONFIRA NOSSOS ANÚNCIOS

terça-feira, 26 de abril de 2011

Deputados em segurança...

Deputados Wasny e Rajane
bem seguros...
São mais dois PMs que deixam o policiamento das ruas do Distrito Federal. Está publicado no Diário Oficial, desta terça-feira, a cessão dos terceiros-sargentos QPPMC Cristiano Almeida Maciel e QPPMC Ivan Ferreira Moreno para exercerem, sem necessidade, as funções de segurança parlamentar nos gabinetes dos deputados Rejane Pitanga (PT) e Wasny De Roure (PT), respectivamente. Enquanto isso, a população vai se virando como pode para se proteger da bandidagem...


CONFIRA NOSSOS ANÚNCIOS AO LADO E ABAIXO

Paulo Tadeu, a Majestade, sabia

Panfleto do Dep. Paulo Tadeu, em 2009
(clique na figura para ampliar)
  Artigo

(...) A verdade é que Paulo Tadeu já foi pedra e como pedra se jogou no telhado do Palácio que hoje ocupa. Como deputado distrital foi panfletário. Enfrentou os governantes de então. Subiu nos palanques improvisados e discursou para platéias esperançosas. Votou com o povo. Sempre se arvorou em criar CPIs, visando à abertura das inúmeras caixas-pretas escondidas nos porões do GDF. Não titubeou quando os direitos dos cidadãos estavam ameaçados. Como sindicalista, sem medo, colocava o dedo em riste na cara de policiais, em defesa de seus liderados. Paulo Tadeu construiu uma trajetória política digna de arrebatar os melhores votos do Distrito Federal, um voto de qualidade. Sempre foi bem votado, ou o mais votado pelas melhores consciências de um povo que não aguentava mais anos de desmandos e de governantes arrogantes e corruptos. Foram essas consciências que o colocaram no lugar onde está. Ele semeou sonhos aos desesperados.
O panfleto, acima, indica que a Majestade sabia dos problemas enfrentados pelos artesãos em relação a transferência da feira, pois foi escrito pelo deputado-panfletário e não pelo deputado-secretário, onde pode lançar toda sua indignação contra o governo Arruda, que naqueles dias de desgoverno tentava expulsar, a ferro e fogo, os artesãos da Torre do lugar onde estão, e despencá-los, ladeira abaixo, até os latões amontoados em cores de arruda, erguidos ao custo de 18 milhões de reais retirados dos cofres públicos. (...)

Trecho do Artigo, escrito pelos editores do blog BRASILIA em OFF, discorrendo sobre a arrogância da Secretaria de Governo no processo de transferência dos artesãos da Feira da Torre de TV (clique aqui http://brasiliaemoff.blogspot.com/p/artigos.html para obtê-lo na íntegra)

CONFIRA NOSSOS ANÚNCIOS AO LADO E ABAIXO

Um garoto de sorte

Um garoto de sorte
George Gregory Barcelos Pinto  pode se gabar por ser um garoto de sorte. Aos 23 anos, morador de São Sebastião, foi considerado inapto no concurso público para o preenchimento de vaga no cargo de Atendente de Reintegração Social, ocorrido em 2010. Uma das funções do cargo de nível médio é a execução de tarefas relativas à guarda, à vigilância, ao acompanhamento e à segurança dos adolescentes infratores nas unidades de medidas sócio-educativas (Caje, Ciap, Ciago e Cesami). Sem se abater com a desclassificação do certame, foi à luta, apostando na candidatura do deputado federal Geraldo Magela. A partir daí trilhou “um novo caminho” na vida, com a sua nomeação para o cargo de secretário-adjunto da Criança do Distrito Federal, embolsando 16 mil reais mensais. Caso fosse aprovado, não ganharia mais que R$ 1.700,00 e trabalharia arduamente por 40 horas semanais, tal como seus colegas de concurso, que hoje são seus subordinados. Pelo visto, tirou a sorte grande por ter feito uma ótima aposta...
CONFIRA NOSSOS ANÚNCIOS AO LADO E ABAIXO

segunda-feira, 25 de abril de 2011

"Demorô"...

Parece que o sofrimento dos que usam os elevadores da Câmara Legislativa vai ter fim. O presidente da Casa, deputado Patrício, finalmente tomou uma atitude. Rescindiu, unilateralmente, o contrato de manutenção com a empresa A3 Manutenção de Elevadores Ltda. Agora esse serviço ficará por conta da empresa Elevadores OTIS, ao custo de R$ 108.000,00 (cento e oito mil reais). O contrato é emergencial e tem validade de 12 meses. "Demorô"....


CONFIRA NOSSOS ANÚNCIOS AO LADO E ABAIXO

Gastança em nome de Cristo

Irmão Lázaro: cachê maior que o de Martinho
da Vila, pago pela Adm. Recanto das Emas
Um verdadeiro festival de recursos públicos para eventos religiosos. As administrações regionais do Distrito Federal não tem poupado recursos públicos para patrocinar apresentações de cunho religioso. Não importa se o evento é evangélico ou católico. A Administração do Paranoá pagou à Talentos Produções Artísticas e Comércio Ltda R$ 25.000,00 (vinte e cinco mil reais) com a finalidade de contratar banda não especificada para apresentação na “34º Via Sacra do Paranoá – 2011”. A Administração de Sobradinho disponibilizou recursos para viabilizar a “18º Via Sacra de Sobradinho – 2011”, realizada na Quadra 15 – AR 1 de Sobradinho I. Já a administração da pobre cidade do Itapoã pagou a quantia de R$ 199.150,00 (cento e noventa e nove e cento e cinquenta reais) a duas empresas de promoções artísticas para o evento “Cruzada Evangelística”: R$ 70.000,00 (setenta mil reais) para a WD Comunicação Ltda e R$ 129.150,00 (cento e vinte e nome mil e cento e cinquenta reais) para a DF 10 Entretenimentos e Produções Artísticas Ltda. Não mencionamos ainda, os gatos com a famosa Via Sacra de Planaltina, será um capítulo à parte.
Inusitado mesmo foi o cachê pago pela Administração do Recanto das Emas ao Irmão Lázaro, ex-integrante do Olodum baiano. O contrato firmado e intermediado com a suspeita JB Produções e Eventos Ltda-ME, teve o valor fixado em R$ 100.000,00 (cem mil reais) redondos e sem choro, para apresentação no evento “Canta Recanto-2011”, em março deste ano. O cantor gospel, que gravou apenas sete discos na carreira, teve o seu passe valorizado e pago pelo GDF muito mais que o renomado cantor Martinho da Vila, que, “coitado”, recebeu apenas R$ 92.600,00 (noventa e dois mil e seiscentos reais) de cachê para cantar nas comemorações do 51º aniversário de Brasília. A Banda Monobloco, do Rio de Janeiro, também foi desvalorizada e o cachê pago ficou na cifra de R$ 85.000,00 (oitenta e cinco mil reais). Triste mesmo foram os cachês pagos aos músicos do Móveis Coloniais de Acaju,  da cantora Célia Porto e do bandolinista Hamilton de Holanda, que receberam 15 mil reais, 12 mil reais e 30 mil reais, respectivamente, para subirem no palco do aniversário de Brasília na última quinta-feira.
A administradora do Recanto das Emas, Izaudete Carneiro De Souza Abrantes, não tem mesmo parâmetro  quanto ao valor artístico cultural e muito menos compaixão quando se trata do dinheiro do contribuinte. Para participarem do mesmo evento “Canta Recanto-2011”, contratou as desconhecidas bandas gospel Renovo e Ministério Clóvis Ribeiro por R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais).
A derrama do dinheiro público precisa ser investigada. Tem muito “promoter” se passando por Cristo para faturar o dinheiro do contribuinte, isso sem falar em desvios de recursos pelos superfaturamentos dos cachês de cantores de qualidade duvidosa. O ralo está aberto porque todos os contratos foram firmados sob a égide da inexigibilidade de licitação, prevista na lei 8.666/93, um prato cheio para a gastança do dinheiro público.

CONFIRA NOSSOS ANÚNCIOS AO LADO E ABAIXO

Messias de Souza, administrador de Brasília, usa a máquina pública para se promover...

Messias de Souza usa o portal da RA-I, na internet
para a sua autopromoção
Depois de uma humilhante derrota nas urnas em 2010, o administrador de Brasília Messias de Souza já está em plena campanha eleitoral para 2014. No pleito passado, concorreu a uma vaga de deputado federal pelo PCdoB-DF obtendo míseros 6.795 votos e gastou cerca de 700 mil reais na campanha. Como prêmio de consolação por sua velha amizade com o governador Agnelo Queiroz, antes eram companheiros do mesmo partido, e também pela cota partidária, foi nomeado para conduzir a Administração de Brasília.
Conhecido por sua rabugice, sisudez e mau humor, Messias agora é só sorriso. O comunista não se faz de rogado à frente da Administração, não se importa nem mesmo com os princípios que regem a Administração Pública, efetivamente os da impessoalidade e da moralidade pública. A página da RA-I na internet (http://www.brasilia.df.gov.br/) parece que está a seu serviço, como candidato fosse. Notícias exaltando seus feitos são facilmente encontradas no portal, como forma de projetá-lo ao eleitorado do Distrito Federal, que ele tanto desconhece.
O aparelhamento de órgãos públicos e de entidades dirigidos pelo PCdoB não é nenhuma novidade e seguindo a regra comunista, Messias de Souza usa acintosamente todos os meios possíveis para a sua autopromoção. No portal do GDF, é possível vê-lo, em fotos, beijando misses, almoçando com “prefeitos” de quadras, afagando o pároco da Igrejinha, participando de reuniões com líderes comunitários e abraçando jovens reservistas. As manchetes das matérias não deixam dúvidas da sua real intenção, sempre voltadas para a sua pessoa e não em nome da Administração de Brasília, como deveria ser. A mídia pública está sendo usada como um veículo de imprensa comum. Mas, o que chama mais atenção é a notícia dada pelo portal de que o administrador de Brasília participou das comemorações de 89 anos do PCdoB, dando a entender ser um compromisso oficial, quando na verdade o evento é particular e de seu partido. Portanto, nada a ver com as atribuições de um administrador público. A matéria veiculada foi extraída do portal do PCdoB (http://www.pcdob.org.br) e assinada pela jornalista Márcia Xavier e postada, sem cerimônia, no portal do GDF. As fotos do evento particular foram tiradas pela servidora da Administração de Brasília, Kathlen Amado. Taí o uso da máquina pública a favor de uma candidatura. Pelo jeito, Messias de Souza não deve durar no cargo, tal como ocorreu quando, depois de um ano à frente da Secretaria de Desenvolvimento Social, foi demitido, por telefone, pelo então governador Cristovam Buarque.


CONFIRA NOSSOS ANÚNCIOS AO LADO E ABAIXO

domingo, 24 de abril de 2011

OAB e Exame de Ordem merecem investigação rigorosa...


Caputo e Ofhir: fiscalizam presídios, mas não
o próprio exame de ordem
Não adiantou muito a OAB mudar de instituto responsável para aplicar as provas do exame de ordem unificado. Desde que a FGV – Fundação Getúlio Vargas assumiu o posto, os bacharéis em direito continuam submetidos aos mesmos descasos da era CESPE/UnB. Provas mal redigidas, correções duvidosas e mudanças das regras contidas no Edital de Abertura em pleno andamento do certame. Já estamos quase na metade do ano de 2011 e ainda está em curso o 3º exame de 2010. A divulgação do resultado preliminar da prova-prática profissinal, antes marcada para o dia 25 de abril, foi dilatada para o dia 25 de maio. O comunicado de alteração das datas, emitido pela OAB, é curto e grosso, sem maiores explicações, frustrando as expectativas de todos. A situação exige das autoridades rigor na apuração pela falta de transparência da entidade e pelos reiterados flagrantes  de desrespeito aos examinandos. Enquanto a própria casa está em total desordem, os seus dirigentes, só para citar Francisco Caputo (DF) e o presidente nacional Ophir Cavalcante, se arvoram em ciscar nos terreiros alheios...

CONFIRA NOSSOS ANÚNCIOS AO LADO E ABAIXO

Mais um...

Mais um partido está prestes a entrar no cenário político do Distrito Federal. É o PTS – Partido da Transformação Social. Embora já possua uma Executiva Nacional, presidida pelo sindicalista mineiro Ronaldo Gualberto, ex-militante do MR-8 (Movimento Revolucionário 8 de Outubro), o PTS ainda está em fase de construção. Em Brasília, a sua Executiva Regional provisória é comandada pela líder comunitária de Samambaia Silvana Amaral. Para obter o registro em definitivo no TSE, o partido precisa colher assinaturas em alguns Estados da Federação. Tudo indica que estará apto para participar das eleições de 2014. Vamos conferir...

CONFIRA NOSSOS ANÚNCIOS AO LADO E ABAIXO

O príncipe vai virar sapo

Paulo Tadeu: barca furada?
Muita gente ainda tem ciúmes. Mas nutre isso por ainda não ter entendido o grande presente de grego que é. A nomeação de Paulo Tadeu como secretário de Governo foi motivo de motim dentro do Partido dos Trabalhadores e gerou crise entre os principais apoiadores de Agnelo Queiroz. Era o assunto que mais revoltava os companheiros. Agora, essa neblina até então inexplicável começa a se dissipar.

Agnelo sempre foi conhecido pela falta de iniciativa. Tem a história marcada por uma atuação pouco combativa. Chegou a ser apelidado de "avestruz" por não conseguir encarar de frente muitas situações impostas a ele. Em vez de enfrentar, tende a esconder-se, mergulhando o pescoço no buraco, mas com o corpo à deriva do caos externo.

É o que agora volta a acontecer. Ao costurar a "ampla aliança" do novo caminho, Agnelo sabia que teria um preço a pagar. Só  não lembrou de fazer os cálculos para ver se daria conta dos compromissos. Percebeu somente agora que está mais difícil do que esperava honrar a própria palavra.

Todos esperavam os tais cem dias de governo para se pronunciar. A data chegou, as respostas, não. O "governo da transparência" se mostra um verdadeiro continuísta. Contratos misteriosos prevalecem, ações revoltantes também. Denúncias chegam todos os dias aos veículos de comunicação sérios. Nos submissos, também. Nada mudou.

A grande aliança de amigos começa, como que maldição, a se inverter. Os companheiros se queixam. Os aliados criticam e ameaçam. O próprio governo já acena virar as costas para quem tem cobrado a fatura de forma mais direta. A base ameaça rachar.

Esperto, Agnelo rifou o pomposo cargo de secretário de Governo. Mas empurrou como ônus a missão de assumir a responsabilidade de despachar inconveniências, que não são poucas. Paulo Tadeu até tem o poder da caneta. Possui verdadeiro aparato governamental na pasta e nutre inveja alheia pela quantidade de assessores. Mas chegou a hora de ele perceber que não foi tão esperto assim ao aceitar a missão.

Tem sido exposto, é mira constante dos então companheiros e é o fiador da falta de ação do governo petista. E para completar, é ele que tem tido a hombridade de encarar os preteridos de frente. É o ombro dele o utilizado para quem quer chorar as mágoas da traição.

Até quando vai durar, ninguém sabe. Mas que a carruagem começou a se transformar em abóbora, disso ninguém duvida. Daí a explicação para o verdadeiro presente de grego.

Fonte: Blog do Sombra

Comentário do Brasiliaemoff: Paulo Tadeu tem lá suas aspirações políticas, no entanto ele esquece que faz parte de um governo que reúne muitos partidos políticos; que no PT, ele não é soberano; que um dia foi deputado de oposição; e, que às vezes a casa cai...ao Blog do Sombra, parabéns pela brilhante análise.

CONFIRA NOSSOS ANÚNCIOS AO LADO E ABAIXO

Ah!!! Agnelo, conta outra, vai....

Agnelo vai se espelhar neste mundial?
Muito estranho essa viagem repetina do governador Agnelo Queiroz, hoje 24 de abril. Ainda mais à Argentina. E mais ainda, para visitar estádios de futebol, visando a Copa de 2014. Então, vamos exercitar alguns raciocínios lógicos: primeiro, a viagem não estava programada na agenda divulgada à imprensa esta semana; segundo, as arenas dos hermanos não são modelos para nenhum país que sediará uma Copa do Mundo, pois a primeira e última Copa realizada por lá foi em 1978, quando a FIFA não definia padrões dos estádios. Tudo lá, em matéria de competição desse porte, está obsoleto. Não tem sentido se espelhar no passado; terceiro, o governador é médico e não engenheiro. Pois se tem uma pessoa que entende de obras neste governo é o seu vice Tadeu Fillippeli; quarto, não consta na agenda da presidenta Cristina Kirchner nenhum encontro com o governador do DF; e, quinto, o Botafogo, clube de Agnelo, não tem amistoso marcado com qualquer time argentino. Muito estranho mesmo! Ah!!! Agnelo conta outra, vai... Agora, perguntar não ofende: será que ele levou o seu carregador de celular também?

CONFIRA NOSSOS ANÚNCIOS AO LADO E ABAIXO

sábado, 23 de abril de 2011

David e Golias

Já não é mais segredo a briga entre duas secretarias de Estado. A Secretaria de Desevolvimento Social (SEDEST), comandada pela poderosa deputada Arlete Sampaio e a Secretaria da Criança (SECRIA), criada recentemente e dirigida pelo pediatra Dioclécio Campos Júnior, estão em pé de guerra para delimitar o ônus e o bônus de cada uma. Para alguns servidores da SECRIA, a SEDEST não quer nem saber de problemas relacionados ao CAJE, CESAMI, CIAGO, CIAP, etc, mas, quer interferir e influenciar na política e na mirrada estrutura administrativa da nova secretaria. Um exemplo é querer  debater a necessidade dos diretores dessas unidades de internação serem remunerados com CNE (Cargo de Natureza Especial), proposta ainda em andamento internamente no GDF. Uma briga desigual...



CONFIRA NOSSOS ANÚNCIOS AO LADO E ABAIXO

César Menotti e Fabiano: cachê da pesada...

César Menotti e Fabiano: estão rindo de quem?...
No dia 20 de abril, o Blog do Sombra publicou, com exclusividade, Extrato de Contrato, celebrado entre a Secretaria de Cultura do Distrito Federal e a empresa de eventos Silva & Silva Promoções Artísticas Ltda, tendo como objeto a apresentação da dupla sertaneja César Menotti e Fabiano, em razão das comemorações do 51º aniversário de Brasília. O show custou aos cofres públicos a cifra de R$ 220.000,00 (duzentos e vinte mil reais). Detalhe da história: o valor pago se refere apenas para a dupla subir ao palco e cantar durante aproximadamente 90 minutos e só.

Pesquisando outros contratos firmados pelos sertanejos, descobrimos que o GDF ou caiu no “conto do vigário” ou agiu sabendo das desvantagens que levaria quanto ao preço do cachê cobrado. Vejam:

A Prefeitura de Figueirópolis D’Oeste – MT contratou a dupla para show em 14 de novembro de 2010 ao custo de R$ 100.000,00 (cem mil reais), porém com a responsabilidade da contratada organizar e realizar o show, conforme Extrato de Contrato nº 059/2010; já a Prefeitura da Estância Balneária de Praia Grande – SP pagou R$ 130.000,00 (cento e trinta mil reas), para ter o mesmo show, no dia 22 de janeiro de 2011.

Na cidade de Louvreira – SP, a Prefeitura fechou, em 11 de abril de 2011, contrato (show sem data marcada) com a dupla de mesmo valor acertado com o GDF, ou seja, R$ 220.000,00 (duzentos e vinte mil reais). A diferença entre os dois contratos fica por conta das obrigações impostas pela Prefeitura de Louvreira à dupla sertaneja. Neste caso, as despesas de hospedagem, transporte, palco, som, iluminação, montagem e desmontagem dos equipamentos estão sob a responsabilidade da empresa contratada. Tudo indica que aqui tais despesas correram por conta do GDF, visto que o palco, a iluminação, o som, a montagem e a desmontagem foram para todas as apresentações da festa e não exclusivo para o show de César Menotti e Fabiano. Resta saber se o transporte e as hospedagens dos músicos também foram pagos pelo GDF. Com a palavra o Secretário de Cultura do Distrito Federal para explicar o cachê da pesada.....

CONFIRA NOSSOS ANÚNCIOS AO LADO E ABAIXO

sexta-feira, 22 de abril de 2011

GOVERNADOR SEM DISCURSO....

No show de ontem (21/04), à noite,  durante os festejos de 51 anos de Brasília, o cantor Martinho da Vila convidou o governador Agnelo Queiroz para subir ao palco. Timidamente e sob algumas pequenas vaias por parte da platéia, Agnelo subiu e se posicionou ao lado do cantor.  Martinho insistiu que ele falasse ao público. Sem ambiente e sem bandeiras vermelhas, o governador recusou o convite. O cantou então disparou: “esta é a primeira vez que vejo um governador que não quer discursar em público”...

CONFIRA NOSSOS ANÚNCIOS AO LADO E ABAIXO

PRESENÇA IGNORADA....

Governador Agnelo na Maratona de Revezamento
O governador Agnelo Queiroz participou de quase todos os eventos comemorativos dos 51 anos de Brasília. Entusiasmado e feliz, correu a Maratorna de revezamento, jogou bola com políticos e craques do passado e assistiu aos shows musicais. Porém, chegando ao ginásio Nilson Nelson, por volta das 19 horas (21/04), para acompanhar as lutas do MMA da América Latina, teve a sua presença ignorada pelos brutamontes expectadores daquele evento. Agnelo, protegido por um forte aparato de seguranças à paisana, se esforçava para ser reconhecido, ao menos, pelos vendedores ambulantes presentes no local.

CONFIRA NOSSOS ANÚNCIOS AO LADO E ABAIXO

TIETE

Rôney Nemer: tiete do volei masculino
Um ilustre expectador chamava muita atenção na partida de vôlei de praia, ontem (21/04), entre a dupla brasileira Benjamin/Bruno Schmidt e a americana Patterson/Keenan. Trata-se do deputado mensaleiro Rôney Nemer – PMDB/DF. Ele vibrava a cada lance disputado, pulando na arena montada na Esplanada dos Ministérios. Quem o conhece, sabe que ele não perde uma partida de vôlei masculino e o placar dos jogos é o que menos importa.

CONFIRA NOSSOS ANÚNCIOS AO LADO E ABAIXO

ADVOGADO DE DEBORAH GUERNER E A OPERAÇÃO “PASSANDO A LIMPO”

Recordar é aprender: Advogado de Deborah Guerner  já foi preso por fraude, em 2007. Confira:

Após operação da PF, OAB/GO anula Exame de Ordem que seria aplicado no dia 13/5
A Polícia Federal prendeu no sábado (12/5) 11 pessoas supostamente envolvidas com fraudes nas provas da OAB/GO. Nota da Polícia Federal do estado afirma que na Operação Passando a Limpo também foram cumpridos 26 mandados de busca e apreensão determinados pela 5º Vara da Justiça Federal.

Entre os presos estão o presidente da Comissão de Estágio e Exames da OAB de Goiás, Eládio Augusto Amorim Mesquita, e o vice-presidente, Pedro Paulo Guerra de Medeiros. Também está preso o tesoureiro da Ordem dos Advogados do Brasil de Goiás, João Bezerra Cavalcante.
Em virtude das ações deflagradas pela PF, a OAB/GO divulgou comunicado informando a suspensão da realização da Prova Prático-Profissional do Exame de Ordem que seria aplicado no dia 13/5. Confira abaixo:



http://www.migalhas.com.br/mostra_noticia.aspx?cod=39145

Fonte: Blog do Donny Silva


CONFIRA NOSSOS ANÚNCIOS AO LADO E ABAIXO

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Justiça nega habeas corpus a Deborah Guerner e marido



Publicação: 21/04/2011 11:49 Atualização: 21/04/2011 12:08
O ministro do Superior Tribunal de Justiça, João Otávio de Noronha, acaba de negar o pedido de habeas corpus para a promotora Deborah Guerner e para o marido dela, o empresário Jorge Guerner. Essa é uma decisão liminar e o mérito da causa ainda será julgado pelo colegiado de ministros do STJ. Com isso, o casal continua preso na Superintendência da Polícia Federal.
A defesa entrou com o pedido de habeas corpus nessa quarta-feira (20/4) com o argumento de que a prisão era
"absolutamente abusiva e os fundamentos são extra legais". A promotora e o marido são acusados pelo Ministério Público de forjar provas para simular uma incapacidade mental que os tornaria incapazes de responder a processos.

O casal foi preso pela Polícia Federal na manhã de ontem. Após passar por exame de corpo delito no Instituto Médico Legal (IML), Jorge chegou a ser encaminhado à Penitenciária do DF, Papuda, mas retornou à Superintendência da PF por falta de cela especial.

Fonte: Correio Braziliense

CONFIRA NOSSOS ANÚNCIOS AO LADO E ABAIXO