terça-feira, 31 de maio de 2011

A POLÍCIA SECRETA DE AGNELO: ARAPONGAGEM AOS BLOGS E E-MAILS

Carta Aberta ao Senhor Governador Agnelo Queiroz  

 Senhor Governador,

A Coluna “DO ALTO DA TORRE”, publicada no Jornal de Brasília, na edição do último domingo 29/05/2011, traz a seguinte notinha, assim intitulada: O fuxico que vem de fora –O Serviço de Inteligência do Distrito Federal saiu investigando os e-mails anônimos que circulam pela web com críticas aos governos federal e distrital. Conseguiu identificar os IPs dos computadores que deram origem às mensagens. Eram ambos de uma embaixada. Das grandes."

Por ocasião da criação do Blog Brasíliaemoff, já pressentíamos que a nossa linha editorial incomodaria bastante aos governantes. Mas tínhamos consciência que deveriamos avançar.

Pois bem, Senhor Governador, o Blog Brasíliaemoff constatou pela publicação do Jornal de Brasília que Vossa Excelência realmente está à nossa procura.

Nunca duvidamos da eficiência do Serviço Secreto do GDF, que agora está sob o seu comando. Como também  já esteve a serviço de José Ornellas, Aimé Lamaison, Joaquim Roriz e de José Roberto Arruda, só para citar alguns dos governadores, os quais Vossa Excelência tem inteiro conhecimento.

Aliás, Vossa Excelência, como ex-comunista, líder da categoria de médicos e deputado de “esquerda”, igualmente, foi vítima da arapongagem oficial, sobretudo nos tempos de chumbo da Ditadura Militar, inclusive lá em sua terra natal, a Bahia. Vossa Excelência sabe muito bem como funciona o aparelho estatal para espionar os que ousem insurgir contra os governantes autoritários, antidemocráticos e corruptos. Historicamente, quando esses governantes tiveram acesso aos relatórios de seus arapongas, deram ordens para perseguir e calar os seus críticos e opositores, fechando veículos de comunicação.

No enfrentamento ao regime militar e já no governo do senhor Roriz, Vossa Excelência foi perseguido e forçado a calar sua voz, quando defendia milhares de trabalhadores em seus movimentos grevistas, estudantes, usuários de transportes públicos, lavadeiras, donas de casas e tantas outras categorias. Esses humildes brasilienses viram em Vossa Excelência a esperança de dias melhores, mais justos e democráticos. Eles sempre estiveram com Vossa Excelência, pois acreditavam que um dia o senhor chegaria ao Palácio do Buriti e representasse os seus sonhos e suas lutas de outroras.

Vossa Excelência chegou ao Poder.  Os trabalhadores, com suas esperanças e  com seu suor, se sentiram também empossados no dia 1º de janeiro de 2011, após anos de lutas e angústias.

Entendiam eles, que Vossa Excelência acabaria com esse ciclo de tantos desgovernos do Distrito Federal.

Entendiam eles, que Vossa Excelência resolveria os graves problemas de saúde da nossa população.

Entendiam eles, que Vossa Excelência faria uma faxina nos que povocaram as mortes de um trabalhador da Novacap, no fatídico ano de 1999 e do companheiro Gildo do SLU, no ano de 2000.

Entendiam eles, que Vossa Excelência daria um transporte público de qualidade, que todo trabalhador merece.

Entendiam eles, que Vossa Excelência ofertaria uma educação de 1º mundo aos seus filhos, desde a creche até o ensino superior, da mesma forma como o senhor chegou à universidade.

Entendiam eles, que Vossa Excelência imprimiria a descência, a ética e a moral no Palácio do Buriti.

Entendiam eles, que Vossa Excelência não seria igual aos demais governadores que solaparam e castigaram o Distrito Federal.

Infelizmente, o governo de Vossa Excelência tem demonstrado a esses humildes trabalhadores que o voto na urna não compensa e que os homens públicos “são tudo farinha do mesmo saco”.

Senhor Governador, dizem por aí, que a própria presidenta da República, de seu partido, não está contente, ou mesmo satisfeita com os rumos do seu governo. Ela está preocupada com algumas atitudes que Vossa Excelência anda tomando, ou mesmo permitindo que ocorra em desfavor da boa política. O PT também não está satisfeito.

Talvez o PCdoB, partido em que militou durante sua juventude e no qual se elegeu como deputado, saiba o que está acontecendo. Ou talvez, em virtude de conhecimento de fatos anteriores, o PCdoB tenha pedido ao ex-presidente Lula, em seu segundo mandato, que não o reconduzisse ao Ministério dos Esportes. Ou que, por esta razão, os comunistas tenham preferido Orlando Silva, mesmo este tendo sido flagrado comprando tapioca com cartão corporativo. Viram nele   compromisso e  lealdade partidária.

Talvez Vossa Excelência tenha conduzido o Ministério dos Esportes pensando já no “segundo tempo” ao nomear seus amigos, como faz agora no Buriti, preferindo se envolver com o mundo das lutas marciais, esquecendo-se das antigas lutas populares e  ideológicas.

Posteriormente, procurando voltar ao poder, filiou-se ao PT, ao buscar apoio junto ao povo trabalhador. Dessa forma, Vossa Excelência ressurgiu. É novamente cortejado e votado para ser o governador do Distrito Federal.

Vossa Excelência agora é o top do GDF com todas as prerrogativas dos governantes, que o senhor durante nossa juventude tanto criticava: carro oficial, assessores, ajudantes de ordens, primeira-dama, quem sabe até segundas-damas, papagaios de piratas, residência oficial, seguranças, helicóptero, festas da Côrte. Absolutamente tudo que um governante possa almejar, colocando após sua vitória o povo “como escabelo aos seus pés”. Vossa Excelência está no auge do Poder político local e consequentemente não abrirá mão das mordomias e prerrogativas que o cargo lhe concede.

Pelo visto, Vossa Excelência não vai também querer abrir mão de perseguir os seus opositores, de tentar intimidar quem o critique, de esmiuçar a vida dos insurgentes contra o seu governo.  Seguindo o modelo também tão antigo e criticado na sua juventude.

Aquela notinha do JORNAL DE BRASILIA já deu o tom. Vossa Excelência já sabe quem é o autor do Blog Brasíliaemoff. A sua polícia-política já identificou alguns de seus críticos, como nos velhos tempos da GESTAPO da Alemanha de Hitler ou mesmo da KGB de Stálin. Usando suas polícias-secretas, esses estadistas mudaram o mundo. Marcaram seus nomes na História por suas atrocidades contra seus dissidentes e opositores.

Talvez, tendo eles como exemplo, Vossa Excelência prefira usar a máquina pública em prol da sordidez política, ao invés de usá-la para salvar os doentes que perambulam nos mocambos chamados de hospitais, ou, mesmo, de usá-la para salvar nossas crianças das ruas, onde elas residem  há anos.

Pensando bem, Vossa Excelência também poderia usar a máquina de seu governo para salvar os seus co-irmãos baianos e nordestinos que vivem nas ruas do Distrito Federal, passando fome e frio sem ter um teto, restando-lhes apenas os viadutos de Lúcio Costa como local de moradia.

Entretanto, Governador, o senhor prefere ocupar-se com o conteúdo que se escreve a respeito de seu governo. A quem escreve o “bem”, Vossa Excelência doa dinheiro público disfarçado em pagamentos de publicidade, como notoriamente é de conhecimento de todos. A quem escreve o “mal”, Vossa Excelência vigia os passos.

Felizmente para nós, Senhor Governador, neste contexto, o “mal” que se escreve relativo ao seu governo, está do lado do povo; dos contribuintes; dos trabalhadores; das crianças; dos moradores de rua e  das minorias.  Somos o “mal” porque fiscalizamos e denunciamos seu governo ao mesmo povo enganado que o elegeu, zelando desta forma por aquela sociedade ideal que o senhor  um dia pretendeu.

A sua polícia-política deveria estar a serviço desse zelo, passando a ser eficiente no combate à corrupção e não bisbilhotando IPs de computadores alheios. Não queira Vossa Excelência bradar ao público e justificar que o nosso Blog é uma obra da “Teoria da Conspiração” e que tem origem em algum país estrangeiro. O senhor sabe que não tem nenhuma Embaixada preocupada com os destinos de seu governo.

Não tente usar o velho discurso da esquerda esquálida, de que estão tentando desastabilizar as “forças progressistas”. O argumento não cola. Pois a composição do seu governo, está infestada de  reacionários e aproveitadores. Quem anda tão mal acompanhado não pode esperar a compreensão e a complacência dos espíritos guerreiros semelhantes aos de Honestino Guimarães, Lamarca, Marighella, Pedro Pomar, Edson Luis e muitos outros que tombaram contra a repressão e a perseguição do regime totalitário dos generais.

Fique certo, pois, que o nosso Blog tem origem na indignação e frustração de seus eleitores, que acreditaram que o senhor reservaria um governo justo e administrativamente probo.

Procure não mirar suas forças buscando destruir as críticas, mas tente apenas governar espelhando-se nelas, vendo-as de maneira construtiva, percebendo dessa forma, o que espera seus eleitores. A população do Distrito Federal irá lhe agradecer profundamente.

Senhor Governador, não iremos nos intimidar e nem nos calar diante das insinuações perversas de “conspirações internacionais”, pois estas  apenas  revelam suas alucinações palacianas.

 A imprensa é livre hoje, como fruto da luta de muitos companheiros,  na qual o senhor também se envolveu quando cerrou fileiras contra a censura do regime de exceção. E por sermos livres, continuaremos a investigar a malversação dos recursos públicos, os possíveis desvios de condutas de políticos e de seus auxiliares e tudo que não esteja em conformidade com os princípios da administração pública.   O senhor esqueceu nossas lutas? Mas eu ainda lembro, e continuo lutando.

Respeitosamente,

Blog Brasiliaemoff

31.632

segunda-feira, 30 de maio de 2011

O PT é totalitário, cínico e antidemocrático, segundo Olavo de Carvalho

O jornalista, ensaísta e filósofo Olavo de Carvalho, em vídeo, conseguiu traduzir o comportamento do Partido dos Trabalhadores - PT, quando esta agremiação partidária assume o Poder. Ele faz uma análise do estilo petista de governar: totalitário, cínico e antidemocrático. Essa postura vai além do Poder na Administração Pública. Os sindicatos e outras entidades comandadas por petistas acabam se tornando "feudos" intransponíveis. O Distrito Federal, governado por Agnelo Queiroz e Cia, sofre do mesmo mal. Muito interessante esse vídeo que está sendo divulgado via e-mails e youtube. Acompanhe agora as declarações:

QUEM É OLAVO DE CARVALHO?
Olavo de Carvalho, nascido em Campinas, Estado de São Paulo, em 29 de abril de 1947, tem sido saudado pela crítica como um dos mais originais e audaciosos pensadores brasileiros. (...)
A tônica de sua obra é a defesa da interioridade humana contra a tirania da autoridade coletiva, sobretudo quando escorada numa ideologia "científica". Para Olavo de Carvalho, existe um vínculo indissolúvel entre a objetividade do conhecimento e a autonomia da consciência individual, vínculo este que se perde de vista quando o critério de validade do saber é reduzido a um formulário impessoal e uniforme para uso da classe acadêmica.
Roxane Andrade de Souza

De onde vem tanto dinheiro?

JBr inicia série que revela suposto esquema de lavagem de dinheiro envolvendo a empresa M Brasil, que doou R$ 600 mil para campanhas eleitorais. Chico Vigilante teria recebido R$ 100 mil


Indícios de desvios de recursos públicos, lavagem de dinheiro, participação de testas-de-ferro e farta doação de milhares de reais para campanhas eleitorais. Detalhes que temperam os capítulos de uma história suspeita, envolvendo uma empresa sediada no Rio de Janeiro. Deputados federais e pelo menos um distrital receberam R$ 600 mil da M Brasil Empreendimentos, Marketing e Negócios LTDA, na campanha eleitoral, no ano passado. Recibos de doações assinados pela empresa figuram na prestação de contas da campanha de todos os políticos investigados. Leia matéria completa em link abaixo da análise do Brasília em OFF.

Fonte: Jornal de Brasília, em 29 de maio de maio e Blog do Sombra

ANÁLISE DO BRASÍLIA EM OFF

O Blog Brasília em OFF já havia denunciado o deputado Chico Vigilante pela estranha doação de 25 mil reais da empresa ENGEBRÁS a sua campanha. Fica a pergunta: Que tipo de ligação ou mesmo simpatia do deputado petista pela empresa que controla os pardais em Brasília? É preciso focar esta doação pra lá de suspeita na relação do deputado com o servidor José Lima Simões, Diretor de Segurança de Trânsito do DETRAN-DF. São públcas e notórias as fortes ligações comprometedoras de Lima Simões com esta empresa e a PERKONS, também envolvida na máfia dos pardais, que age em todo o país. Tanto Lima Simões quanto José Alvez Bezerra, este indicado a motorista da campanha de Agnelo e depois diretor-geral do Detran-DF, contaram com a mãozinha do deputado Chico Vigilante para estarem em posições chaves do GDF.  A deputada Rejane Pitanga (PT) também deve ser investigada. Ex-presidente da CUT-DF e dirigente do fortíssimo SINPRO-DF foi agraciada na campanha com a doação de 100 mil reais do Banco BMG, aquele mesmo envolvido no Mensalão do PT, em 2005. Voltamos à mesma pergunta: Qual a ligação da deputada com o Banco BMG? Uma pista a ser seguida: Wilmar Lacerda e Delúbio Soares. Delúbio, "professor"  como Rejane, foi reintegrado à fileiras do PT e festejado pela deputada e Chico Vigilante em festa realizada na Ceilândia. Wilmar parecia São Judas Tadeu, o santo dos endividados, quando recebia candidatos em sua sala do 1º andar do Ed. Toufic, sede do PT Nacional. Tudo pode ser explicado....

O inferno astral de Agnelo Queiroz

O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT), vive um verdadeiro inferno astral. Depois de ser acusado de improbidade administrativa pelo Ministério Público Federal — por pagar R$ 10 milhões acima do valor de mercado pelo aluguel da Vila do Pan, em 2007, quando era ministro dos Esportes —, foi surpreendido pela acusação feita por José Seabra Neto, dono do “Jornal da Quadra”, de que usou caixa 2 para se eleger governador. Seabra confessou que, durante a campanha, recebeu R$ 50 mil semanalmente para produzir matérias favoráveis a Agnelo e contra o ex-governador Joaquim Roriz (PSC). Ao todo, teria recebido R$ 800 mil do então candidato. O governador também é investigado por causa da compra de uma casa no Lago Sul de valor incompatível com seu salário de servidor público e, em uma semana, perdeu três ações de indenizações contra o semanário “DF Notícias” e foi condenado a pagar os honorários da advogada do jornal.

Por último, o governador foi vaiado ao entregar a taça ao Brasília, vencedor do campeonato Novo Basquete Brasil (NBB), no Ginásio Nilson Nelson. Mais de 18 mil pessoas vaiaram o governador. E parece que os problemas estão só começando. A revista “Veja” garante que, em breve, virão a público indiciamento de Agnelo Queiroz em nove processos. Na avaliação do presidente do PSol, Antônio Carlos de Andrade, o Toninho, há um sentimento de rejeição ao governador em Brasília. “O governo é desastroso em áreas fundamentais, como saúde e transporte.” Ele afirma o que já era ruim ficou pior. “O metrô só anda superlotado e os ônibus velhos não foram substituídos.”

O deputado Izalci Lucas, presidente do PR, diz que o problema do governo é a falta de projeto, de decisão e de liderança. “As únicas coisas que caminham no DF são as obras iniciadas no governo anterior.” Izalci diz que o sonho de Agnelo era ser jogador de futebol e, por não ter competência para governar, transfere seu poder para Paulo Tadeu, secretário de Governo. “É o primeiro-ministro do DF.” Nem a base do governo alivia para Agnelo Queiroz.


Fonte: Jornal Opção (extraído do blog do Sombra)

FLAGRANTE EM BRASÍLIA II

Um grupo de servidores da Agência de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis) se aproveitou da força do órgão para curtir um sabadão, digamos, bem diferente. Cerca de seis fiscais tiveram acesso neste sábado (29) a uma das melhores vistas do camarote do Campeonato Mundial de Motocross Free Style (RedBull X Fighters), evento concorrido que ocorreu na Esplanada dos Ministérios.

Durante boa parte do campeonato, os agentes, todos uniformizados, se deixaram seduzir pelas acrobacias radicais dos motoqueiros e permaneceram no local destinado exclusivamente a convidados da organização. Vale destacar que um servidor identificado com uma camiseta de "coordenador de fiscalização" - em destaque na foto -, de tão entretido, ainda se lembrou de sacar uma câmera para filmar momentos emocionantes da competição...

 Fonte: Blog do Sombra

sábado, 28 de maio de 2011

RAPIDINHAS EM OFF VII

DE SAÍDA
É dada como certa a demissão da secretária de Educação, Regina Vinhaes (foto). Com tantos problemas na pasta, ela demonstrou que não tem a menor aptdão para gerenciar a máquina administrativa sob a sua responsabilidade. Segundo um integrante do Palácio do Buriti, a saída da secretária está condicionada à escolha do(a) sucessor(a). Será uma oportunidade para Agnelo Queiroz matar dois coelhos com uma só cajadada: permite o pitaco do senador Cristovam Buarque na indicação do novo secretário e apaga o incêndio que toma conta do PDT Regional. Resta saber quem “vinhaes” para ocupar a vaga...
LETARGIA
Está explicado o motivo da letargia do governo Agnelo Queiroz (foto). Baixa utilização do investimento orçamentário. Durante quatro meses, a gestão petista só investiu apenas 2,99% do total destinados no Orçamento do GDF. Isso se chama, além de letargia, incompetência...



CULPA DO GOVERNO ANTERIOR?
Hoje será realizado o Red Bull X-Fighter, competição internacional de motocross. A arena montada na Esplanada dos Ministérios tem previsão de receber um público de 60 mil pessoas. Autoridades não vão faltar para assistir as apresentações de Joaninha e Cia. O GDF, um dos patrocinadores, estava até ontem distribuindo 6 mil convites de cortesia para os camarotes. O adminsitrador de Brasília, Messias de Souza, diz que não partiu dele a autorização para a realização do evento. Culpou o governo anterior. Ah, tá...

AÇÃO ENTRE AMIGOS
A paralisação relâmpago promovida pelos rodoviários (foto), ontem à tarde, é um sinal de que os empresários de ônibus estão mesmo decididos buscar o aumento das passagens, custe o que custar. A estratégia já é bastante conhecida dos usuários de transporte público: apoiar uma eventual greve geral da categoria. Uma mão lavando a outra...
CARRO OFICIAL EM SHOPPING
Esta figura aí na foto estava usando um carro oficial do GDF, no sábado passado. Foi flagrada por um cidadão, quando fazia compras no Conjunto Nacional Brasília. O carro, modelo Voyage, tem características de ser de uma Administração Regional. Qualquer informação sobre a sua identidade será de grande valia para a moralização da administração pública.

SERÁ VERDADE?

"Intervenção no Buriti (para salvar o PT)

Dilma Rousseff decide fazer de Carlos Gabas, um executivo sério, o Número 1 de Brasília

Carlos Gabas
Carlos Eduardo Gabas, o eterno ministro-interino da Previdência e Assistência Social, está prestes a trocar a Esplanada dos Ministérios pela Praça do Buriti. Depende apenas do "sim" dele para ocupar a Secretaria de Governo do Distrito Federal, no lugar do deputado Paulo Tadeu.

Gabas viria como um gerente para colocar ordem na casa. Agnelo Queiroz não foi ouvido. Foi comunicado da decisão, costurada no Palácio do Planalto. É uma espécie de intervenção branca em Brasília. Não para salvar o governador, mas a imagem do PT.

A cúpula petista, a nível nacional, teme que a acentuada queda de prestígio de Agnelo junto ao povo reflita negativamente no resto do País. E como em pouco mais de um ano o eleitor voltará às urnas para eleger prefeitos, deputados estaduais e vereadores pelo Brasil a fora, o PT teme que a desastrada administração do governador da capital da República reflita negativamente no resultado das eleições.

A decisão de intervir no governo de Agnelo Queiroz foi tomada na semana passada, durante encontro da presidente Dilma Rousseff com o deputado Rui Falcão, presidente da legenda. Participaram do encontro Gilberto Carvalho, ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência e seu secretário-executivo Swedernberger Barbosa, um profundo conhecedor da máquina administrativa do Palácio do Buriti.

Gabas, na avaliação do Planalto, tem o perfil ideal para colocar o governo de Agnelo Queiroz nos trilhos. Se ele aceitar a missão ("não é um convite, pois me considero um soldado do partido", conforme suas palavras a um interlocutor comum) o atual secretário-executivo da Previdência Social virá com carta branca para impor seu jeito e ritmo de trabalho. Inclusive com autoridade para mexer na equipe de governo."
Fonte: José Seabra
ANÁLISE DO BRASÍLIA EM OFF
Caso a notícia postada pelo jornalista José Seabra se confirme, estaremos diante de um ineditismo sem precedentes na história política de Brasília: o Diretório Nacional de um partido intervir diretamente em sua administração pública, movendo peças da estrutura governamental. Mesmo que a informação não passe de uma mera especulação, é um sinal evidente  de que o governo Agnelo Queiroz não anda agradando a cúpula de seu partido. Há rumores de que a presidenta Dilma está realmente preocupada com os rumos do governo local e não é pra menos. A paralisia do governo petista, após 5 meses, tem sido o retrato da gestão no DF, aliada, ainda, com a forte influência direitista dentro da estrutura administrativa. A situação de Paulo Tadeu, um inexperiente supersecretário, é muito pior do que se possa imaginar. Ele não tem medido esforços para aparelhar a máquina pública para o seu proveito. A cada dia, ocupa mais territórios sob o seu domínio. É nítido que sua atitude faz parte de um plano político, esboçado juntamente com Agnelo, para partilharem o Poder e lá permanecerem por muito tempo. Até agora, Agnelo não governou. Descobriu-se que sequer tem projetos de políticas públicas para sanear os problemas de Brasília, deixados pelos governos anteriores. O PT Nacional e a presidenta Dilma poderão  até salvar o projeto partidário, mas dificilmente conseguirão fazer o brasiliense esquecer os traumas e as decepções do desgoverno do PT local.

sexta-feira, 27 de maio de 2011

UM DESABAFO MERECEDOR DE APLAUSOS



Desde que tomaram posse no GDF o governador Agnelo dos Santos Queiroz filho, seu secretário de Saúde Rafael Barbosa e a presidente do Hemocentro, Beatriz Macdowell, que em tese deveriam melhorar as condições de saúde e vida dos doentes em minoria, a exemplo dos hemofílicos, partem como abutres para destruí-los. Além de faltarem os medicamentos, descumprirem decisões judiciais, racionarem medicamentos, perseguirem servidores, agora querem mudar o leite indispensável à sobrevivência dos fenilcetonúricos.

O Governador do Distrito Federal age à frente do executivo como um verdadeiro banana, frouxo em suas decisões, não tem comando sobre seus secretários e vira as costas para a população.


O Governador Agnelo dos Santos Queiroz Filho, que em campanha prometeu em três meses resolver os problemas da saúde, demonstra com sua falta de palavra ser além de mentiroso, incompetente para governar a nossa cidade.
O Governador precisa tomar vergonha na cara, parar de brincar de governar e afastar de uma vez por todas, enquanto é tempo, alguns de seus auxiliares que tomaram de assalto diversos órgãos por eles administrados e tratam a população com descaso.

Não temo as ameaças, não temo a central de arapongagem montada com o uso de agentes públicos, não temo a fabricação de dossiês falsos, não temo ações judiciais, pois tenho certeza que hoje temos no comando de diversos órgãos do Distrito Federal bandidos que integram uma verdadeira organização criminosa, e o senhor governador Agnelo Queiroz dos Santos Filho se omite. Por que será?"

 Fonte: Blog do Sombra
NOTA DO BRASÍLIA EM OFF
A indignação do blogueiro e jornalista Edson Sombra é o reflexo da política empreendida pelo governador Agnelo Queiroz e de seus amigos. O PT no governo é extremamente perigoso e danoso, pois governa de forma mesquinha e arrogante. Os problemas enfrentados no dia a dia pela população de Brasília apenas serviram de bandeira para que seus representantes chegassem ao Poder. Chegaram e, agora, debocham da cara de seus eleitores, sobretudo os que dependem da saúde pública.  "Cada povo tem o governo que merece, mas não é menos verdade que muitos povos não merecem o governo que tem". Frase mais que atual de Apparicio Torelly, o Barão de Itararé. Parabéns, Sombra! 

ACONTECEU NA SEMANA

O Blog Brasília em OFF abre mais uma coluna. Desta vez iremos registrar os fatos marcantes ocorridos durante a semana.

NAUFRÁGIO NO LAGO PARANOÁ
A semana no Distrito Federal iniciou com a tragédia do naufrágio da embarcação Imagination (foto), no Lago Paranoá, ocorrido na noite de domingo, dia 22 de maio, com 110 pessoas a bordo. Tudo indica que o barco estava com superlotação e com problemas em sua estrutura. O acidente revela apenas que este tipo de diversão não vem sendo fiscalizada pelas autoridades marítimas, tornando-se cada vez mais comum, já que Brasília possui a terceira maior frota desse tipo de embarcação no país. Há exato um ano, outro acidente envolvendo uma lancha, tirou a vida de duas irmãs. O naufrágio de domingo deixou nove mortos. Patético foi a atitude do governador Agnelo Queiroz, que só se pronunciou três dias após o evento trágico, decretando tardiamente luto pelas mortes.

LARANJAL
A primeira oitiva da CPI do Pró-DF, ocorrida na segunda-feira, com o ex-secretário de Desenvolvimento Econômico, José Moacir Vieira, mostrou que as aberrações do programa, criado no governo Roriz, são assustadoras. Um verdadeiro balcão de negócios e o uso indiscriminado do tráfico de influência. Os nomes de pretensos beneficiários, segundo o depoente, são apenas laranjas de políticos influentes da cidade.  O caso de Alírio Neto, deputado e secretário de Justiça do atual governo, é um exemplo desse tráfico de influência. Luiz Estevão (na foto, com a esposa Cleucy), o próximo a ser ouvido, conhecido por seus empreendimentos imobiliários e cartolagem do futebol, é um expert cultivador de laranjas. Até a sua esposa vira fruta no seu laranjal...

NA ASA DE DURVAL, O LELYS
Durval Lelys (foto), o vocalista da Banda de axé baiana, Asa de Águia, recebeu o título de cidadão honorário de Brasília. O autor da Comenda, deputado Cristiano Araújo, não se fez de rogado. Como um bom fã, tietou o homeageado como pode. Mas quem ficou debaixo da asa do músico foi Rafael Barbosa, representante do governador Agnelo Queiroz, baiano de carteirinha. Como secretário de Saúde, não tem comparecido na Câmara Legislativa para dar explicações sobre a sua pasta...

INÍCIO DE CRISE NA POLÍCIA CIVIL
O delegado Sandro Avelar parece que vai repetir o feito de seu colega de Polícia Federal, o ex-secretário Valmir Lemos: ser um mero figurante na estrutura de governo. Sem sustentação política, Lemos ficou conhecido como um corpo sem cabeça, durante o tempo de secretário do governo Arruda. O novo secretário de Segurança Pública assiste passivamente as brigas internas de seus comandados. Nesta semana, uma crise se instalou na cúpula da Polícia Civil com a exoneração da delegada titular Rosana Gonçalves, do Departamento de Polícia Especializada – DPE. Repercutiu mal na Câmara Legislativa. Deputados, integrantes da carreira policial, fizeram duros pronunciamentos contra o ato da atual Diretora da corporação Mailine Alvarenga (foto). O governador Agnelo Queiroz faz ouvido de mercador e tenta camuflar a crise, reduzindo os rugidos a uma mera briga de espaços políticos dentro da Instituição. Não é, Senhor Governador!

KIT GAY
A semana também foi dominada pelos debates acalorados acerca dos kits anti-homofobia (foto) que seriam distribuídos nas mais de 6 mil escolas do país. A discussão tomou conta até das conversas de botequim. Os fervorosos evangélicos, fortalecidos pela última campanha eleitoral, ameaçaram reberla-se contra o governo caso a idéia do Ministério da Educação fosse levada à frente. A bancada evangélica daria dor de cabeça e apoiaria uma eventual CPI do caso Palocci. A presidenta Dilma, acuada, recuou. No episódio, alguns integrantes do governo do PT deixaram transparecer que não são muitos afeitos à crítica.  Não admitem contrariedades. A democracia, para eles, é apenas um detalhe ou mesmo um discurso quando se veem na oposição. O ministro da Educação bateu o pé e não recuou, quando as provas do ENEM foram questionadas. O PT tem, por sua essência, características stalinistas Subestima o poder da sociedade. Despreza a opinião e o debate. O comportamento do governo petista instalado no Buriti já demonstrou que o diálogo não dará o tom no GDF. Basta vermos que temos um governador que não admite manter um canal de comunicação com a sua própria base aliada e muito menos com a oposição. Eles sempre estão certos e com a razão...Será?

FINAL DO BASQUETE
O povo de Brasília demonstrou que sabe torcer. Vibrou, na terça à noite, com o título dos jogadores brasilienses (foto) no NBB do Basquete Brasil, mas também soube rechaçar, com vaias, o governador Agnelo Queiroz. Passados cinco meses da gestão "Um novo caminho", a população se sente desprotegida e decepcionada com o governador que prometeu levá-la ao paraíso das UPAs, da Segurança, da Educação, da Assistência Social...


OSSO DO ROSSO
O ex-governador Rogério Rosso (foto) surpreendeu a todos com a sua movimentação política. Saiu do PMDB e se tornou o presidente da Executiva Regional Provisória do PSD. Rosso passa a ser um nome para disputar o GDF em 2014, se até lá sobreviver politicamente. Ele que já foi cria de Roriz, de Arruda, de Filipelli e do PT, agora é de (J)Gilberto Kassab, o prefeito de São Paulo que o nomeou no partido.Uma cria que sabe roer o osso dos outros...

BOLSA DE JAQUELINE RORIZ
Chamou atenção a bolsa de 25 mil reais da deputada federal encrencada Jaqueline Roriz (na foto com a bolsa). Prestes a ser julgada por sua má conduta, a deputada desfila sem cerimônias nos corredores da Câmara dos Deputados. Talvez, a sua intenção seja mesmo desviar  da mira de seus “inclitos” julgadores a mochila de seu esposo Manoel Neto, contendo 50 mil reais “doados” por Durval Barbosa.

INTIFADA
Os deputados distritais levantaram de vez um muro entre a Câmara Legislativa e o Palácio do Buriti. O Projeto de Lei de iniciativa da deputada Liliane Roriz, que prevê descontos no IPTU, obteve forte adesão dos deputados distritais para que ele tramite na Casa. Os deputados da Artilharia governista, Patrício (PT), Chico Leite (PT), Chico Vigilante (PT), Rejane Pitanga (PT), Wasny de Roure (PT), Cláudio Abrantes (PPS), Evandro Garla (PRB), Roney Nemer (PMDB), Dr. Michel (PSL), Joe Valle (PSB), Raad Massouh (DEM), não foram capazes de conter a “intifada” oposicionista. Será a ressurreição do grupo dos 14?...


quinta-feira, 26 de maio de 2011

Autódromo Internacional Nélson Piquet ameaçado?

Tem muita gente sonhando com a possibilidade de ganhar muito dinheiro com a realização da Copa do Mundo em 2014. O tráfico de influência é um ponto de partida. Gente de fora do Governo vai tentar obter vantagens para a concretização de seus negócios, usando de suas amizades e até mesmo de seus parentes, que hoje ocupam cargos estratégicos no GDF. O caso do publicitário Sidney Campos Silva, dono da FIELDS Comunicação é exemplar. Dizem que ele está de olho no terreno do Autódromo Internacional Nelson Piquet.

HOTÉIS NO LUGAR DO AUTÓDROMO

A idéia é que ali se transforme em mais um espaço para novos hotéis, visando a Copa de 2014. Para isso, ele contará com a ajuda de seu irmão Sidemeron Campos Silva, hoje Subscretário de Eventos e Administração dos Espaços Esportivos da Secretaria de Esportes do DF, e do amigo Cassius Ibaê Gomes, diretor do Autódromo. Para garantir a realização do negócio, Sidney diz contar  ainda com o apoio do secretário de Esportes, Célio Renê (foto), e do presidente Nacional do PRB, Marcos Pereira, um dos responsáveis pela indicação do secretário.  Não se sabe se o plano dará certo. Certeza mesmo, é que tem muita gente sonhando com dólares na conta corrente, ah, isso tem...

quarta-feira, 25 de maio de 2011

JORNALISTA CONFIOU NA "FONTE AGNELO" E É PROCESSADO POR AUGUSTO CARVALHO

Leia o desabafo do jornalista JOSÉ SEABRA

"Com raiva após denúncia de má administração, Augusto põe alvo errado na mira e move queixa-crime

A conduta deste blog tem sido pautada respeitando o Código de Ética dos jornalistas. O compromisso é com a verdade, relatando os fatos com total isenção, salvo quando o blogueiro se permite um comentário. Quando se emite uma opinião, deixa-se de ser isento, pende-se para um lado, não se fica em cima do muro.
Este blogueiro tem apurado o que se passou e se passa em Brasília, primando por levar aos internautas uma informação correta.
As fontes sempre foram respeitadas e delas sempre se mereceu respeito. Mas quando há quebra de confiança, gera-se um fato. Nessas ocasiões, como agora, o blogueiro se sente no direito de quebrar um sigilo profissional e revelar suas fontes.
Porque este blog tem por norma, sempre respeitado o código de conduta dor jornalistas, opor-se ao arbítrio, ao autoritarismo e à opressão.
Perseguido, quase que acuado pelo governo que se instalou no Palácio do Buritio no último 1º de janeiro, este escriba foi obrigado a encerrar as atividades impressa e virtual do Jornal da Quadra. E surgiu este blog para manter o compromisso fundamental com a verdade.
Aqui são divulgados fatos de interesse público; aqui se luta pela liberdade de pensamento e de expressão.
E neste espaço, particularmente, combatem-se e denunciam-se todas as formas de corrupção, principalmente quando visam calar e controlar com o manto negro do dinheiro sujo o direito ao livre informar.
Nesta terça-feira 17, o blogueiro recebeu uma intimação da Justiça. Uma queixa-crime do deputado Augusto Carvalho. A audiência preliminar, para apresentação de defesa no Fórum Especial, será em junho.
Augusto, a quem o blogueiro respeitou e em quem votou quando eram colegas no PPS, questiona na ação a denúncia de uma suposta parceria com o senador Gim Argello, para fatiar cargos na Secretaria de Saúde que ele comandou no governo de José Roberto Arruda.
Há infantilidade nesse processo, por mais respeito que Augusto, seus advogados e a Justiça mereçam. O deputado reclama da acusação da parceria com o senador, mas não faz, na mesma queixa-crime, referência ao conteúdo maior do texto, que citava relatórios do Tribunal de Contas da União condenando a má aplicação do dinheiro público na área da saúde.
Este blogueiro está preparado para comparecer à audiência. Sem condições de contratar um advogado, pedirá ao juiz do caso que nomeie um defensor público para acompanhá-lo no processo.
Há consciência sobre o que deve ser dito na audiência, embora haja o temor de ter de avistar-se na frente de um magistrado, em cuja cabeça ninguém sabe o que se passa.
Pois hoje, mais do que nunca, se condenado, este blogueiro deixará de ser réu primário. E a partir daí, os ardis que se armam no Palácio do Buriti o estarão colocando com um pé no cadafalso.
Na audiência, se revelará o que se antecipa agora, quebrando o sigilo da fonte que abasteceu o blogueiro com as informações que tanto chocou o deputado. Quem revelou, por meio de um seu porta-voz, que Augusto fatiava os cargos da Secretaria de Saúde com Gim, foi o governador Agnelo Queiroz. O mesmo Agnelo que, na campanha eleitoral, pedia para rebuscar o passado de Augusto, denunciando nas páginas do Jornal da Quadra seus eventuais erros e fraquezas. Porque Augusto, mesmo sendo da coligação, precisava ser destruído. Não poderia sequer ser eleito suplente de suplente.
Era a versão que Agnelo apresentava ao blogueiro.
Houve confiança na fonte, mas o compromisso maior é com a verdade. E se a fonte não merece crédito, se é infame, como se descobriu após a eleição, sente-se o blogueiro livre para quebrar o seu sigilo.
Na ação da queixa-crime, Augusto Carvalho está mirando o alvo errado. O deputado, os advogados dele e o juiz ouvirão isso. A tese de defesa do blogueiro é a de que o informante mentiroso, caluniador, é que deve ser punido. Isso será dito, desde que não haja nenhum acidente de percurso que impeça o blogueiro de comparecer à audiência que está disposto a ir."

Fonte: Blog do José Seabra

NOTA DO BRASÍLIA EM OFF
Em plena campanha eleitoral, Agnelo Queiroz se utilizou do expediente do "Jornal de Quadras" para divulgar suas propostas aos moradores do Plano Piloto. Para isso, pagou, com dinheiro vivo, cada exemplar do periódico. O fato foi denunciado pelo próprio editor do jornal, o senhor JOSÉ SEABRA, que agora se vê na iminência de ser condenado na Justiça, ao responder Queixa-Crime movida pelo deputado Augusto Carvalho. Confiou demais nas informações do "amigo" Agnelo...

RAPIDINHAS EM OFF VI

HAIR BRASÍLIA 2011

Organizadores do “Hair Brasília and Beauty” (Feira de Beleza Hair Style Make Up Unha Estética Depilação) discutiam o evento numa padaria. Chamou atenção a intimidade com assuntos de emendas orçamentárias e a citação de políticos em apoio à feira da beleza, que acontecerá em julho de 2011. Erika Kokay, Agnelo Queiroz, Olgamir Amâncio, Glauco Rojas e Dirsomar tiveram seus nomes lembrados para dar uma focinha. Sobre a mesa da padaria, foram deixados provas de cartazes e folders, indicando o patrocínio do GDF. Junto ao material, estava o panfleto de propaganda do candidato Agnelo, intitulado “A Família”.  Pelo visto, Agnelo precisará muito desses profissionais para ajudar um pouco na maquiagem de seu governo.

PAPAI NOEL EXISTE

O escrivão de polícia Cristiomário Medeiros postou, na rede interna da Polícia Civil, anúncio se dizendo interessado na compra de um ou dois veículos fabricados entre 1998 e 2001 e preço na faixa de 7 a 9 mil reais. Ex-petista, Cristiomário iniciou sua vida política como presidente da Associação dos Moradores do Varjão. Seu patrimônio pessoal passou a dar sinais de evolução após se tornar chefe de gabinete do deputado mensaleiro Rogério Ulysses. Hoje, é morador do Condomínio RK, em Sobradinho, tendo uma Tucson e um Citroëm Picasso na garagem. Também se diz sócio da casa noturna Eighties Pub em Águas Claras. Quem o conhecia anteriormente, acaba acreditando que Papai Noel existe de verdade...
BARULHO NO BURITI

Os feirantes do Shopping Popular, cansados de serem ignorados pela Coordenadoria de Cidades da Secretaria de Governo, farão, hoje pela manhã, manifestação em frente ao Palácio do Buriti para cobrar do governador Agnelo Queiroz promessas de campanha.  Em 2010, Agnelo distribuiu uma carta se comprometendo a criar no Shopping uma unidade do “Na Hora”, Posto Policial Militar e do Detran, construção de um retorno e de uma passarela próximos do local. A única promessa cumprida, até o momento, foi a permanência do interventor João de Oliveira Braga, policial militar que os feirantes querem uma prudente distância.

VAIAS

Ontem à noite, na final do NBB Basquete Brasil, entre as equipes de Franca e de Brasília, o governador Agnelo Queiroz foi saudado com uma sonora vaia dos 18 mil torcedores, que lotaram o ginásio Nilson Nelson. Aliás, a cerimônia de premiação deixou a desejar. Mandou mal a Secretaria de Esportes, que sequer providenciou o pódio para os atletas campeões. O governador vai ter que melhorar muito o seu desempenho. Em 2014 as cornetas estarão bem afinadas...

OCUPAÇÃO

O secretário de Governo Paulo Tadeu não perde tempo. Depois de tomar mais um território, com o domínio da cidade do Núcleo Bandeirante, ele começou a lotar os cargos da Administração com a sua turma. O DODF de ontem se dedicou às suas nomeações. Era assim que o personagem Zé Pequeno, no filme Cidade de Deus, fazia quando dominava os morros: infiltrava seus homens nos pontos estratégicos. Qualquer semelhança com o “modus operandi” daqui é mera coincidência...

terça-feira, 24 de maio de 2011

PARA NÃO ESQUECER – MINISTÉRIO PÚBLICO INVESTIGA ROLLEMBERG

Confira matéria divulgada em 2010, sobre a investigação do MP em cima de Rodrigo Rollemberg. E aí, o que aconteceu? Acompanhe aqui nas próximas semanas.

Do Jornal Tribuna do Brasil
Ministério Público investiga Rollemberg
24 de setembro de 2010

GIM e Rollemberg: agora parceiros de Senado
O Ministério Público Federal analisa representação apresentada pelo Diretório Central dos Estudantes da Universidade de Brasília (DCE-UnB), contra o deputado federal Rodrigo Rollemberg (PSB), candidato ao Senado pelo Distrito Federal. O documento, protocolado no MPF no dia 09 de março, apresenta uma série de denúncias que remontam ao governo de Cristovam Buarque (PDT), hoje senador, que concorre à reeleição. Na época, Rollemberg foi nomeado por Buarque como secretário de Turismo do DF.

Documentos anexados à representação sugerem que, por meio de emendas parlamentares, Rollemberg teria destinado a entidades e órgãos públicos mais de R$ 25 milhões dos cofres da União.

As denúncias apontam, também, supostos projetos fantasmas e organizações não governamentais (ONGs), beneficiados por emendas parlamentares e convênios, que não teriam cumprido os fins propostos, com correspondente prejuízo ao erário.


Rollemberg e Filippelli

A representação protocolada no MPF denuncia que a partir da nomeação de Rollemberg por Buarque, a empresa Link Design, supostamente de propriedade da cunhada do deputado, passou a ser beneficiada com licitações e contratos governamentais. A empresa teria sido montada a fim de levantar recursos para campanhas eleitorais, de acordo com a denúncia.


Conta, ainda o denunciante, que paralelamente, e supostamente por indicação de Rollemberg, sua esposa foi nomeada para comandar a Coordenação-Geral de Documentação e Informação da Secretaria de Administração Geral do Ministério da Saúde, gestão do então ministro Jamil Haddad (PSB). Depois, a esposa de Rollemberg teria sido empossada no cargo de chefe da Gerência de Projetos da Saúde, daquele mesmo ministério.

Rollemberg e Roriz
A partir daí, e de acordo com a representação, a empresa Link Design passou a ser contemplada com contratos do Ministério da Saúde, em projetos supostamente sob a coordenação da esposa do deputado; aponta, ainda a denúncia, que o deputado teria destinado mais de R$ 1 milhão por meio de emenda parlamentar para o Ministério da Saúde, em projetos coordenados por sua esposa.

Outros contratos teriam sido assinados, de acordo com a representação, favorecendo a empresa. Assinatura de convênios com entidades culturais e Organizações Não Governamentais (ONGs) faria parte do suposto esquema de captação de recursos, conforme aponta a denúncia. Algumas dessas entidades estariam sob o comando de parentes e amigos do deputado.

Rollemberg e Arruda
A reportagem do jornal Tribuna do Brasil (que divulgou a denúncia) entrou em contato com o gabinete parlamentar de Rodrigo Rollemberg, mas o deputado não foi localizado. Estaria, segundo a chefia do gabinete, participando de reuniões fechadas. A assessoria do deputado informou que Rollemberg tem conhecimento da representação e considera as denúncias “infundadas e inconsistentes”.

“Ele está tranqüilo com relação ao problema, já que não há fundamento nas denúncias”, informou a chefia do gabinete. Até o fechamento da edição, Rodrigo Rollemberg não retornou à reportagem para dar sua versão.

Fonte: Publicado em 24/05/2011 por Donny Silva
NOTA DO BRASÍLIA EM OFF
Disponibilizamos aqui o conteúdo completo do Dossiê sobre a conduta do senador Rodrigo Rollemberg (PSB). Nele voce poderá observar quem são os seus operadores na estrutura governamental. Destaque para LUIS OTÁVIO ROCHA NEVES, atual secretário de Turismo; JOE VALLE, deputado distrital; PAULO SÉRGIO BRETAS DE ALMEIDA SALLES, presidente da Fundação de Apoio à Pesquisa; MARCELO  DOURADO, secretário Nacional de Desenvolvimento do Centro-Oeste do Governo Federal, MÁRCIA HELENA GONÇALVES ROLLEMBERG, esposa do senador e MARCOS DANTAS, presidente do PSB-DF. Citamos algumas empresas e ONGs envolvidas no esquema: INSTITUTO PAIDÉIA, LINK DESING, OMNI3 SOLUÇÕES EM EDUCAÇÃO E COMUNICAÇÃO LTDA e AUGURI PROMOÇÕES E EVENTOS.Todos operam na estrutura do goveno federal desde o ano de 2003, quando o senador Rollemberg assumiu a Secretaria Nacional de Ciência e Tecnologia e na época em que o senador foi o secretário de Turismo no governo de Cristovam Buarque. Resta saber se o esquema vai dar continuidade ou já está operando no governo Agnelo Queiroz, uma vez que o senador tem bastante influência em algumas áreas importantes no GDF. Vamos ficar de olho...